contato@gestartcondominios.com.br
Gestart Condomínios | Consumo consciente de água: ajuda para o meio ambiente e economia para os condomínios
17967
post-template-default,single,single-post,postid-17967,single-format-standard,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Consumo consciente de água: ajuda para o meio ambiente e economia para os condomínios

Consumo consciente de água: ajuda para o meio ambiente e economia para os condomínios

Apesar da abundância de água em nossos oceanos e rios, a quantidade de água própria para o consumo é cada vez mais escassa, e isso pode piorar ainda mais se não passarmos a usar este bem tão necessário de forma consciente.

No Ceará, esse problema se agrava com a questão das secas, infortúnio recorrente em nossa região e que já conhecemos bastante.

O mau uso da água e seu desperdício são os fatores que causam mais impacto no ambiente e nos orçamentos familiares e dos condomínios. Então, se você quer economizar, uma ótima dica é começar tendo um maior cuidado com o uso da água, tanto no seu apartamento quanto nas áreas comuns do seu condomínio.

Atualmente, muitos condomínios já possuem hidrômetros individuais e cada morador paga exatamente o que consumiu. Porém, em outros condomínios o valor da água utilizada é dividido entre todos os moradores, de forma que mesmo quem consome pouco acaba pagando pelo desperdício do vizinho. Nestes casos, a conscientização e o esforço para usar a água de forma correta devem ser ainda maiores, pois quando um morador economiza, o condomínio todo ganha com a redução nos custos.

Utilizar a água de forma consciente não significa que devemos deixar de usá-la, apenas fazer o seu uso de forma correta, evitando desperdícios e reduzindo seu consumo sempre que possível.

Alguns hábitos simples dentro do seu apartamento e nas áreas comuns do condomínio podem fazer bastante diferença para o meio ambiente e trazer uma diminuição da conta.

Confira dicas para uso consciente de água nos apartamentos e condomínios:

– Tomar banhos menos demorados e lembrar de fechar o registro do chuveiro sempre que for passar shampoo e sabonete é uma atitude simples e que pode economizar mais de 50 litros de água. Evite banhos de duchas de alta pressão, pois elas têm uma vazão de água de cerca de 20/30 litros por minuto.

– Desligar a torneira quando for escovar os dentes e fazer a barba.

– Limpar os pratos e jogar os restos de comida no lixo ou deixar as louças de molho na água e sabão facilita na hora da lavagem.

– Usar máquinas de lavar roupas sempre com a capacidade máxima e por menos dias na semana. Juntar toda a roupa suja da casa para lavar de uma vez só economiza água e energia. Lembre-se que algumas peças, como calças jeans, podem ser usadas várias vezes antes de serem lavadas. As máquinas de lavar louças também devem ser usadas com a capacidade máxima.

– Prestar atenção se está havendo algum tipo de vazamento dentro dos apartamentos e nas áreas comuns do condomínio. Uma torneira pingando pode gastar cerca de 46 litros por dia.

– Utilizar dispositivos que ajudam na redução do consumo de água, como o arejador de vazão, o restritor de vazão e vasos sanitários com descarga de duplo acionamento. O arejador pode ser instalado em torneiras e chuveiros e mistura ar e água. Ele diminui os respingos e desperdícios e dá a impressão de que a saída de água está com um volume maior. O restritor, ou regulador, é uma peça pequena de instalação simples que ajuda a evitar desperdícios por meio do controle de vazão da água, tornando-a constante independente da pressão exercida. Ele pode ser instalado em torneira, descarga e chuveiro.

– Fazer campanhas sobre o uso consciente de água. Aqui, os síndicos podem distribuir cartazes pelos murais e elevadores, enviar informes sobre o tema para cada apartamento e conversar com os moradores durante reuniões para que todos entendam a importância de usar a água de forma correta e sem desperdícios e percebam o quanto economizar água pode reduzir custos.

– Armazenar água da chuva para reutilizar para a limpeza de áreas comuns e para regar os jardins.

– Evitar regar as plantas nos horários em que o sol está mais forte, pois nesse período a evaporação de água é mais forte e as plantas irão precisar de mais água. O uso de mangueiras também deve ser evitado. Nos dias de chuva, aproveite para economizar.

– Cobrir a piscina nos horários em que ela não for utilizada ou quando estiver interditada. As piscinas perdem cerca de 90% de sua água por mês só pela evaporação. Por isso, o indicado é cobrir com uma capa sempre que ela não estiver sendo usada. Isso também vai proteger a piscina de folhas e outras sujeiras e ajudar na economia, pois uma piscina limpa precisa de menos trocas de água. É importante se lembrar ainda de sempre vistoriar a bomba e o filtro.

– Não utilizar mangueira para limpar calçadas e áreas comuns do condomínio. Preferir sempre a vassoura ou panos molhados ajuda a economizar bastante. Já o carro pode ser lavado com um balde com água e um pano. Lembre-se que uma mangueira ligada por 15 minutos chega a gastar 280 litros de água.