contato@gestartcondominios.com.br
Gestart Condomínios | Atenção com as garagens durante o período de chuva
17977
post-template-default,single,single-post,postid-17977,single-format-standard,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Atenção com as garagens durante o período de chuva

Atenção com as garagens durante o período de chuva

As chuvas deste ano começaram mais cedo e estão mais fortes do que o esperado, o último fevereiro foi o mais chuvoso em 12 anos e ficou mais de 70% acima da média normal para o mês em Fortaleza. O resultado disso é muito transtorno e pontos de alagamento em toda a cidade.

Além de ruas e avenidas, as fortes chuvas também podem causar alagamentos em garagens subterrâneas, fato que é mais comum do que imaginamos e pode trazer muitos problemas para os condôminos, danificando a estrutura do edifício, elevadores e veículos que estiverem estacionados no local.

Os alagamentos em garagens podem ter diferentes motivos, como falta ou falha no projeto de escoamento de água e bombas de drenagem, que deve ser feito pela construtora e/ou incorporadora, falta de manutenção ou operação equivocada de um dos sistemas de drenagem, itens que devem ser verificados periodicamente pelos síndicos e reparados imediatamente se estiverem apresentando alguma falha, ou podem ser causados até mesmo por falta de drenagem das ruas, falta de limpeza dos bueiros, galerias, bocas de lobo ou de coleta de lixos e entulhos, função da Prefeitura ou órgãos municipais, que são responsáveis também por aprovar a obra e liberar a ocupação e uso da edificação.

É importante lembrar ainda que alagamentos internos também podem acontecer por conta de entupimentos e refluxo dos esgotos dos condomínios, causados pela falta de conscientização dos próprios moradores, que jogam coisas como gordura, cabelos, papel higiênico, absorventes, sabonetes e outros objetos em vasos sanitários e ralos.

Você pode ajudar a evitar problemas de alagamento no seu condomínio acompanhando junto ao seu síndico as vistorias no sistema de drenagem, observando a periodicidade deste serviço e buscando documentos que mostrem o projeto de escoamento de água do local. Além, é claro, de sempre descartar o lixo de forma correta.

Tags:
,